Grupo SATA com quase 28M€ de prejuízos no 1º semestre

SATA Air Açores e Azores Airlines, as duas companhias aéreas do Grupo SATA acumularam um prejuízo de 27,9 milhões de euros entre Janeiro e Junho deste ano.

Segundo a empresa, a maior fatia do prejuízo, concretamente 25,4 milhões de euros, ficou a dever-se à Azores Airlines, que efectua voos para o exterior do arquipélago açoriano, nomeadamente voos internacionais. Já a SATA Air Açores, que faz as ligações inter-ilhas, apresentou um prejuízo de 2,5 milhões de euros nos primeiros seis meses deste ano.

Em conferência de imprensa em Ponta Delgada, o presidente do conselho de administração da SATA, António Teixeira, admitiu que “os resultados obtidos ficaram aquém do esperado” o que aconteceu devido a “factores externos e circunstanciais” , sendo também “consequência da fase de estabilização operacional” em que se encontra o grupo, cita a Lusa.

Entre os motivos que levaram aos maus resultados, aponta ainda a imobilização do Airbus A320 que se prolongou por demasiado tempo, várias manutenções não planeadas e também o prolongamento das operações em ACMI.

O responsável reconheceu ainda que sem uma recapitalização e a implementação de várias medidas, o grupo SATA “terá sérias dificuldades em apresentar resultados positivos”.

Recorde-se que o ano passado a SATA registou um prejuízo de 53,3 milhões de euros, número que representou um agravamento de 12,3 milhões face ao ano de 2017.