Grupo de trabalho de Turismo da RESOE acerta estratégia de promoção conjunta

Coimbra foi palco, esta terça-feira, de uma reunião do grupo de trabalho de Turismo da RESOE – Região do Sudoeste da Europa, que teve como objectivo fazer o ponto da situação em relação aos vários projectos em curso, bem como lançar novas acções futuras.

A RESOE é uma macro-região europeia constituída em 2010, que junta as regiões portuguesas do Centro de Portugal e Norte de Portugal e as espanholas Galiza, Astúrias, Cantábria e Castela e Leão.

Na área do turismo, a RESOE tem como missão promover de forma conjunta e coordenada as regiões que a constituem, destacando o seu património histórico, cultural e natural, com particular incidência para os Caminhos de Santiago, rota que atravessa todas estas regiões. O objectivo é juntar esforços no sentido de captar turismo de qualidade, incentivar o trânsito de turistas entre as regiões e ganhar escala nos mercados nacionais e internacionais.

Entre outros assuntos na ordem de trabalhos, os participantes na reunião de Coimbra examinaram as estratégias de estruturação e promoção conjunta dos Caminhos de Santiago e do Património Mundial classificado, dois produtos turísticos fundamentais, bem como formas de os articular com a gastronomia e o enoturismo.

Ficou decidido que este projecto de cooperação vai desenvolver uma marca turística conjunta, que será apresentada publicamente na próxima FITUR – Feira Internacional de Turismo de Madrid, em Janeiro. Foi igualmente apresentado o projecto Lugares Património Mundial do Centro, liderado pelo Turismo Centro de Portugal e que constitui uma das principais apostas da região.

A próxima reunião do grupo de trabalho de Turismo da RESOE acontecerá em 2018, nas Astúrias.