Grupo Vila Galé de olhos postos nos Estados Unidos

No âmbito da sua estratégia de internacionalização, o Grupo Vila Galé está agora de olhos postos nos Estados Unidos, concretamente em Orlando. A notícia foi avançada ao Turisver.com pelo presidente do Grupo, Jorge Rebelo de Almeida. ?Pela primeira vez estamos a olhar para os Estados Unidos?, afirmou Jorge Rebelo de Almeida, que apontou duas razões fundamentais para a escolha daquele país como destino onde a Vila Galé quer investir, nomeadamente o facto de, à semelhança dos brasileiros, ?os americanos também viajarem cada vez mais dentro do seu país? e de os Estados Unidos serem ?o país onde as normas são mais claras e transparentes, em que os licenciamentos e tudo aquilo que são grandes entraves em Portugal e no Brasil não existem nos EUA?. De acordo com Jorge Rebelo de Almeida, o destino que está na mira do grupo ?é Orlando, que recebe 60 milhões de turistas por ano, dos quais 50 ou 51 milhões são americanos?. Adiantou também que ?estamos analisar esta possibilidade até em conjunto com um projecto imobiliário brasileiro, em que nós podemos ficar com a parte hoteleira. E, como o terceiro mercado para Orlando é o brasileiro, há uma triangulação interessante entre Brasil e Orlando?. A propósito, Rebelo de Almeida, afirmou que o Grupo ainda não avançou para determinados destinos, como Angola, Moçambique ou Cabo Verde por se tratar de países que ?quase não têm mercado interno?. E acrescentou: ?Fazer um investimento num país que não tem mercado interno é um risco acrescido porque se há uma crise internacional não há como dar a volta?.