Grupo Vila Galé com seis projectos “em mãos”

São seis os projectos que a Vila Galé tem “em mãos”: Sintra, que abrirá a 25 de Abril de 2018, Braga, Elvas, Porto e Manteigas, em Portugal, e o Vila Galé Touros, no Brasil, a que se junta a ampliação do Cumbuco, no Ceará. Tudo somado, o grupo vai investir mais de 80 milhões de euros.

Entre os seis projectos a novidade é o de Manteigas, ainda a aguardar licenciamento, segundo avançou esta terça-feira Jorge Rebelo de Almeida, presidente do Grupo Vila Galé, num almoço com a imprensa. A unidade em que o grupo prevê investir seis milhões de euros, deverá denominar-se Vila Galé Serra da Estrela, terá 81 quartos e uma piscina infinita.

A 25 de Abril de 2018 vai abrir o Vila Galé Sintra, com um conceito diferente, ligado à saúde e à gastronomia, especificou o presidente do grupo, afirmando que este será “um projecto marcante”. Com 180 unidades de alojamento e um Spa com áreas de dermatologia estética e médica, dentista e terapias anti-stress e anti-envelhecimento, está orçada em 25 milhões de euros, incluindo a construção de 48 apartamentos para venda.

Antes disso, em finais deste ano ou inícios de 2018, abrirá o Vila Galé Porto Ribeira, sem data definida dado os atrasos que se têm verificado na construção por via de achados arqueológicos. Com 67 quartos, representa um investimento de sete milhões de euros.

A aguardar licenciamento estão as unidades de Braga e de Elvas, onde o grupo deverá investir, respectivamente, seis e cinco milhões de euros. Segundo Rebelo de Almeida, as obras em Elvas deverão arrancar em Outubro.

No Brasil, o resort de Touros, a inaugurar em Setembro do próximo ano, envolve um investimento de 100 milhões de reais (cerca de 29,4 milhões de euros). Também no Brasil, vai ser ampliado o resort de Cumbuco, no Ceará, que passará a ter 562 quartos, num investimento acima dos 4 milhões de euros.

À construção de novas unidades junta-se um plano de renovações onde serão investidos este ano entre cinco e seis milhões de euros.