Guiné-Bissau mostra oferta turística em guia

“À descoberta da Guiné-Bissau”, é o novo guia turístico do país lançado no âmbito da BTL, em cerimónia presidida pelo ministro guineense do Turismo e Artesanato, Malam Djaura.

Trata-se de um trabalho elaborado por Joana Benzinho e Marta Rosa em nome da ONG Afectos com Letras, financiado pela União Europeia e com o apoio do Ministério do Turismo e do Artesanato da Guiné-Bissau. As receitas da venda do guia, disponível em português, francês e inglês, serão revertidas para a promoção de um turismo sustentável e solidário no país.

Segundo Malam Djaura, “este documento pode ser um instrumento importante para o desenvolvimento e divulgação das potencialidades e oferta turísticas da Guiné-Bissau”, prometendo que será constantemente actualizado.

Este guia, de acordo com o co-autora, Joana Benzinho vai servir não só os estrangeiros que visitam a Guiné-Bissau, como aos seus habitantes, que têm “um desconhecimento enorme do seu país”.

“À descoberta da Guiné-Bissau” mostra a grande diversidade do país com um mosaico de mais de 20 etnias numa população de 1,5 milhões de pessoas, revisita a história, os locais mais importantes, culturais e ambientais, as tradições daquele país africano, com destaque para o ecoturismo, uma das apostas da Guiné-Bissau.

Os parques naturais, a grande diversidade de fauna e flora, o arquipélago dos Bijagós, que obteve o estatuto de reserva ecológica da biosfera da Unesco em 1996, bem como um conjunto de informações úteis, constam do documento que tem 160 páginas.