Herdade dos Salgados: responsáveis da Mercedes destacam infra-estruturas, acessibilidade e serviço

Um ano de preparação, 250 pessoas envolvidas na organização, 15 mil participantes de 54 mercados, 40 mil dormidas, 10 semanas de duração, 10 milhões de euros de investimento – estes apenas alguns números que reflectem a dimensão do “Global Training Experience” da Mercedes que desde Janeiro e até ao próximo dia 12 decorre na Herdade dos Salgados. A estes podem ainda juntar-se outros números, como os 300 automóveis para ensaio que “aterraram” na Herdade dos Salgados. E a palavra “aterraram” é quase verídica porque há automóveis da Mercedes espalhados por toda a Herdade dos Salgados, desde as ruas e jardins ao interior dos hotéis e do centro de congressos mas também em lounges superiores e terraços, para onde foram içados por gruas. De Janeiro a 12 de Abril, a Herdade dos Salgados, no Algarve, “vestiu-se” com as cores da Daimler e da sua marca Mercedes para receber o “Global Training Experience” e os 15 mil participantes que ali chegaram em vagas de 400 a 500 pessoas, com cada grupo a permanecer duas noites e dar logo de seguida lugar a outros. No total, o evento significou mais de 40 mil dormidas, mais de 100 mil refeições e outros tantos coffe-breaks. Um desafio de que a Herdade dos Salgados se saiu bem, a avaliar pelo feed-back “muito positivo” que a Mercedes Portugal já recebeu da sede. A organização do evento é posta em destaque, mas segundo André Silveira, responsável das relações públicas da Mercedes Portugal, a infra-estrutura de que dispõe a Herdade dos Salgados, a facilidade que permite em termos de logística, a proximidade ao aeroporto de Faro e a boa rede viária e ainda o bom serviço prestado que “foi uma boa surpresa”, são outros pontos sublinhados. M.F.