Hotel Altis celebra 40.° aniversário com mudança de denominação

O Hotel Altis assinalou ontem o 40.° aniversário com a mudança de denominação para Altis Grand Hotel, uma alteração que Raul Martins, administrador dos Altis Hotels, diz que pretende dar um “nome próprio ao hotel”, que é também o maior e o que conta com “mais prestígio” entre as unidades do grupo. “Tínhamos todos os hotéis apelidados, ou seja, com nome próprio conforme o local onde estão, faltava este. Como é o nosso maior hotel e como é o que tem mais prestigio, achámos que o nome Grand assentaria bem e assim ficará designado também para se distinguir dos outros”, explicou ao Turisver.com Raul Martins. A mudança, que mantém, no entanto, o monograma do logótipo original, foi assinalada com um cocktail em que participaram cerca de 300 convidados e que serviu também para comemorar os 40 anos de uma das mais emblemáticas unidades hoteleiras de Lisboa, palco, como frisou o administrador da cadeia, de “imenso eventos” e que recebeu os mais variados tipos de clientes. Desde a abertura, a 17 de Novembro de 1973, o Altis Grande Hotel viveu diversos momentos marcantes, assistiu à revolução e acolheu os retornados mas é actualmente que está a viver uma das mais importantes etapas, com um “integral” processo de remodelação que estará concluído no primeiro trimestre de 2014 e que o vai tornar num “hotel novo”. “Em meados de 2014, ficamos com um hotel novo porque só ficou a estrutura”, considerou Raul Martins, revelando que o investimento realizado ascendeu aos sete milhões de euros e apontando a transformação do health club em Spa como uma das principais apostas. Etapa importante nos últimos 40 anos foi também a abertura das novas unidades do grupo hoteleiro que, segundo Raul Martins, são já “uma referência para Lisboa”, contribuindo para posicionar a Altis Hotels de forma mais consistente no mercado. “Tivemos uma nova vaga do Altis, com os novos hotéis, que são já uma referência para Lisboa. Esta nova vaga posicionou-nos no mercado de uma forma mais consistente e com uma oferta diversificada em Lisboa”, considerou o responsável. I.M.