Hotel da Música é hotel-piloto em projecto para receber turismo judaico

O Hotel da Música é o hotel-piloto de um projecto que conta com a coordenação do rabino Daniel Litvak e que se estende a todas as unidades do Grupo Hoti Hotéis com o objectivo de preparar as unidades para receberem turistas judaicos. Em comunicado, a Hoti Hotéis explica que o projecto “envolveu a promoção de uma formação rigorosa aos colaboradores do hotel”, de forma a que estejam aptos a receber estes turistas, tendo sido também levadas a cabo algumas alterações na cozinha da unidade para se tornar “casher” e cumprir as regras da religião judaica, enquanto o restaurante elaborou uma ementa de “cozinha judaica”. “O funcionamento da cozinha, a ligação dos aparelhos e os processos de escolha e confecção dos alimentos são acompanhados e fiscalizados por um mashguiach, um supervisor judeu cumpridor das obrigações religiosas no dia-a-dia. Os produtos e ingredientes utilizados para a elaboração dos pratos estão aptos a satisfazer os mais elevados padrões de exigência dos clientes judeus, uma vez que ou são casher por sua própria natureza ou detêm as certificações rabínicas mais elevadas”, explica a Hoti Hotéis. A formação está a ser ministrada em todas as unidades do grupo hoteleiro a nível nacional, existindo ainda uma cozinha central de onde sairão as refeições, com selagem rabínica, para as unidades de todo o país, sendo que o sistema de transporte está já assegurado, numa acção que conta com o apoio da Associação de Turismo do Porto (ATP) e da Entidade Regional de Turismo Porto e Norte de Portugal. “Esta aposta revela-se estratégica já que estamos a sugerir a todos os turistas judeus que conheçam as unidades do Grupo, estendendo o convite aos judeus residentes em Portugal para fazerem parte deste projecto. Queremos ainda quebrar barreiras ao proporcionar uma experiência única até mesmo para os clientes que não são judeus”, refere Delfim Filho, do Grupo Hoti Hotéis. I.M.