Hotel Rural Monte da Provença aposta nos segmentos sénior e reuniões empresariais

O Hotel Rural Monte da Provença que abriu portas em Fevereiro de 2015, aposta nos segmentos do turismo sénior e reuniões empresariais para ajudar a contrariar a ocupação tradicional que durante as épocas baixas se concentra nos fins-de-semana.

Igualmente, este pequeno hotel de charme no Alentejo dá muita atenção ao segmento que visita patrimónios mundiais pois encontra-se num triângulo que se presta a este público: Elvas, Évora e Mérida.

Desde que abriu portas, a unidade hoteleira tem sido escolhida essencialmente por hóspedes estrangeiros, pelo menos de 25 nacionalidades, para além da portuguesa, já que se promove através de todos os meios interactivos, o que lhe tem valido diversas distinções internacionais. No mercado português, tem também parcerias com agências de viagens. No primeiro ano de operação a unidade teve uma ocupação média de 45%, esperando em 2016 atingir 50%.

O edifício do hotel resultou da recuperação e expansão de uma ruína, mas mantendo a traça alentejana exacta dos “solares” antigos da região.

Para a promoção dos produtos e cultura do Alentejo, o Hotel Rural Monte da Provença iniciou parcerias com várias empresas da região no sentido de proporcionarem experiências de qualidade aos seus hóspedes, desde provas de vinhos, visitas a adegas, passeios de balão, pesca da carpa, birdwatching, passeios a cavalo, ou visitas culturais. Igualmente, o hotel oferece uma montra com produtos de parceiros para venda, desde artigos de cortiça e  joalharia artesanal a doces artesanais e vinhos, estando já em conversações para dinamizar a época baixa com pacotes que incluem “seminário sobre cozinha Alentejana” pela dona da “Taberna do Adro”, famosa pelos seus petiscos e apresentação.

Em relação à sustentabilidade ambiental, o hotel produz mais de metade da sua electricidade com painéis fotovoltaicos, o aquecimento de águas e aquecimento central é feito por colectores solares, auxiliados por caldeira a pellets nos dias mais frios ou chuvosos. Tanto o aquecimento como o arrefecimento no Verão são feitos por piso radiante, ao mesmo tempo que todas as lâmpadas são de LED. Os consumos são medidos versus objectivo definido e actualmente está a trabalhar para a Certificação final de ECO Hotel da Thuv Reihnland.