Hotelaria da cidade de Lisboa começa ano em alta

A hotelaria da cidade de Lisboa entrou em 2017 com todos os indicadores em alta. Ocupação, preço médio e RevPar apresentam valores superiores aos registados no mesmo mês do ano passado, de acordo com os dados agora tornados públicos pelo Observatório de Turismo de Lisboa que analisa hotéis de 3, 4 e 5 estrelas.

“A procura turística na cidade de Lisboa aumentou no mês de Janeiro, em comparação com o período homólogo de 2016, com todos os indicadores turísticos a registarem subidas” lê-se nas conclusões do Observatório de Turismo de Lisboa, divulgado sexta-feira, 3 de Março.

A síntese das unidades hoteleiras avaliadas no Observatório (hotéis de 3 a 5 estrelas, a Ocupação Média por Quarto ampliou-se de 50,58% para 59,03%, reflectindo um aumento percentual de 16,7% face a Janeiro do ano passado. A subida mais significativa ocorreu nas unidades hoteleiras de cinco estrelas que viram a sua ocupação média aumentar 19,5% para 53,94%. Já a ocupação média mais elevada coube às unidades de 4 estrelas, com 61,96%, numa subida homóloga de 16,7%.

Variações positivas homólogas estão também reflectidas no Preço Médio por Quarto Vendido (Average) que era 74,40€ em Janeiro de 2016 e passou a ser de 78,20€ em 2017, registando uma subida percentual de 5,1%. A subida mais expressiva coube aqui aos 4 estrelas que aumentaram o seu preço médio por quarto vendido em 6,7% para 65,50€. Sem surpresas, o preço mais elevado é o dos 5 estrelas, 129,67€, + 4,2% que em Janeiro do ano passado.

No Preço Médio por Quarto Disponível (RevPar) a variação foi ainda mais favorável para hotelaria da capital, com uma subida de 22,7% no período em análise para 46,16€. Em destaque no aumento médio de RevPar estiveram os hotéis de 4 e 5 estrelas, que registaram subidas homólogas de 24,5%, no primeiro caso atingindo os 40,58€ e no segundo os 69,95€. Com um RevPar abaixo dos 30€ (concretamente 29,72€) estão ainda os hotéis de 3 estrelas que, mesmo assim, registaram uma subida de 15,2% comparativamente a Janeiro do ano passado.