Hotelaria de Lisboa com resultados fracos em Janeiro

Ocupação e RevPar voltaram a descer em Janeiro face ao mês homólogo do ano passado. No preço médio por quarto vendido (average) apenas os 3 estrelas registaram subida. Os dados são do Observatório do Turismo de Lisboa. No primeiro mês deste ano, os principais indicadores registaram quebras na generalidade das unidades analisadas pelo Observatório do Turismo de Lisboa, com a hotelaria da cidade a registar quebras na ocupação que afectaram as unidades de 3, 4 e 5 estrelas. A maior quebra face a Janeiro do ano passado ocorreu nos hotéis de 5 estrelas (-16,4% para 34,77%), tendo-se seguido as unidades de 3 estrelas (-9,1% para uma ocupação média de 42,34%. Já nos hotéis de categoria intermédia, a queda foi de 1,2% para 43,64%. No mês em análise, o Preço Médio por Quarto Vendido (Average) aumentou em 1,2% nas unidades de três estrelas (+0,52 euros, para 43,44 euros) mas registou decréscimos de – 4,6 e – 4,2% na hotelaria de cinco e de quatro estrelas, respectivamente. Nos 4 estrelas o average situou-se em -2,51 euros para 56,48 euros, enquanto nas unidades de categoria mais elevada o preço médio por quarto vendido foi de -5,49 euros, para 112,63 euros. O Preço Médio por Quarto Disponível (RevPar) também diminuiu nas unidades de cinco,quatro e três estrelas. A maior queda ocorreu nos hotéis de 5 estrelas (-20,2% para 39,16 euros), seguiram-se os 3 estrelas (-8,0% para 18,39 euros) e por último as unidades de 4 estrelas (-5,4% para 24,65 euros). M.F.