Hotelaria de Madrid em queda no 1.º trimestre

No primeiro trimestre do ano, a hotelaria de Madrid registou quebra em praticamente todos os indicadores face aos primeiros três meses de 2012, com a ocupação a descer 5,22%, o preço médio 6,20% e o revPar 11,09%, de acordo com os mais recentes dados da Associação Empresarial da Hotelaria de Madrid (AEHM). E as projecções da AEHM para o este trimestre não são animadoras, esperando-se que a rentabilidade da hotelaria da capital espanhola continue em queda, enquanto a hotelaria de Barcelona vive uma situação oposta, graças aos mercados internacionais. Já no ano passado, a hotelaria madrilena viveu um momento dramático, registando os piores resultados desde 1997, não devendo a situação sofrer grandes melhorias, de acordo com a associação. I.M.