Hotelaria nacional cresce em linha com o 2017

“Como já era expectável, abrimos o ano de 2018 a registar crescimentos em linha com os que se verificaram no ano de 2017”, afirma Cristina Siza Vieira, presidente executiva da AHP ao comentar os resultados de Janeiro da hotelaria nacional, para acrescentar que a “marca” da sazonalidade ainda é significativa.

De acordo com o AHP Tourism Monitors, Janeiro registou um crescimento de 2,6 p.p. na taxa de ocupação quarto face a 2017 que se fixou nos 48%, enquanto o ARR (preço médio por quarto ocupado) fixou-se nos 71 euros, com uma subida de 11% face ao período homólogo. Neste indicador, as categorias quatro e cinco estrelas foram as que mais cresceram: 11% e 10%, respectivamente.

O RevPar atingiu os 34 euros e mantém a rota ascendente ao registar um crescimento de17%, face ao mesmo mês do ano anterior.