IATA: Load factor atingiu valores recorde em Fevereiro

De acordo com os dados publicados pela IATA, o número de passageiros transportados registou um aumento de 7,6% face a Fevereiro do ano passado. A oferta de lugares subiu 6,3% permitindo um crescimento de 0,9pp no load factor que atingiu o valor recorde de 80,4%.

A propósito dos resultados do transporte aéreo mundial em Fevereiro, o director-geral e CEO da IATA, Alexandre de Juniac, comenta: “A procura recuperou o bom ritmo de crescimento em Fevereiro, tal como se esperava, após a desaceleração verificada em Janeiro, suportada por um contexto económico e uma confiança empresarial fortes”. Mas o responsável chama a atenção para o facto de “a escalada dos preços dos combustíveis” acompanhada dos “custos de mão-de-obra em alguns países”, poderem vir a refrear o impulso de baixar as tarifas aéreas.

No que toca às ligações internacionais, a procura aumentou 7,2% em Fevereiro face ao mesmo mês do ano passado, bastante acima do aumento de 4,2% registado em Janeiro. O crescimento foi comandado pela América Latina com +9,8%, mas todas as regiões do mundo verificaram resultados positivos. A Europa, que detém uma quota de mercado de 23,7% (a maior entre todas as regiões do mundo), registou um aumento de 6,8% na procura de voos internacionais. A capacidade total aumentou 5,9% em termos homólogos, com a taxa média de ocupação a crescer 1pp para 79,3%.

Já o mercado doméstico de passageiros viu crescer a procura em 8,2%, com subidas em todos os mercados, destacando-se a Índia e a China. A oferta aumento 7,0% e a taxa de ocupação dos aviões subiu 0,9pp para 82,3%.