IATA: Tráfego aéreo mundial sobre quase 11% em Abril

A procura de passageiros cresceu 10,7%, a capacidade oferecida aumentou 7,1%, e a taxa de ocupação situou-se nos 82%, ou seja, mais 2,6 pontos percentuais, do que verificado em Abril de 2016.

Estes são os resultados do tráfego aéreo mundial revelado pela IATA (Associação Internacional de Transporte Aéreo), referente ao mês de Abril de 2017, que indica ainda que “a forte performance” registou-se graças à melhoria económica mundial e a descida das tarifas aéreas”.

Apesar deste crescimento, a IATA confirma que a interdição do transporte de equipamentos electrónicos de maiores dimensões na cabine, em voos à partida de 10 aeroportos do Médio Oriente e África com destino aos EUA, arrefeceu o tráfego entre estas regiões, realçando ser necessário encontrar alternativas para manter a segurança dos voos, uma vez que o departamento norte-americano de segurança interna pretende alargar a medida.

Sobre esta questão, o director-geral e CEO da IATA considera que “se esta proibição for estendida aos voos entre a Europa e os EUA, estimamos um impacto de 1.4 mil milhões de dólares na produtividade”.