IATA: Tráfego mundial de passageiros aumenta 7% e Europa acompanha

O tráfego mundial de passageiros aumentou 7% em Setembro, tendo atingido o maior crescimento mensal desde Fevereiro, indicou a IATA. A capacidade total do mercado aumentou 6,6%, o que se traduz num índice de ocupação de 81,1%.

As previsões da IATA, de acordo com o seu CEO, Alexandre de Juniac, é que “este será um bom ano para o desempenho da indústria aérea, mas a nossa rentabilidade continuará a ser duramente conquistada”.

Para Juniac, em geral, a indústria continua vulnerável ao ser atingida por crescentes tensões geopolíticas, agendas políticas proteccionistas e fundamentos económicos débeis.

As companhias aéreas das regiões do Médio Oriente e da Ásia-Pacífico registaram os maiores aumentos de procura de passageiros, com uma subida de 11% e 10,2% respectivamente, impulsionado pelo forte aumento do tráfego internacional em ambas as regiões.

As transportadoras aéreas europeias registaram um aumento de tráfego internacional de 5,2%, tendo a região recuperado dos efeitos dos atentados terroristas e a instabilidade política no início deste ano.

O tráfego internacional global cresceu 6,9%, a oferta aumentou 7,2%, o que produziu um load factor de 80,4%, enquanto a subida do tráfego doméstico deve uma evolução positiva de 7,2% durante o mês em análise, com um crescimento da capacidade em 5,5%, o que levou a um coeficiente de ocupação de 82,6%.