INE: Dormidas sobem mais nos Açores e Alentejo

Em Janeiro, de acordo com dados revelados esta quinta-feira pelo INE, foram as regiões dos Açores (+12,4%) e do Alentejo (+11,4%) que evidenciaram as maiores subidas em termos de dormidas, enquanto no Algarve houve uma relativa estabilização.

As dormidas de residentes aumentaram em todas as regiões, com destaques para o Alentejo (13%), Madeira também quase 13% e Algarve 12,6%.

No que diz respeito a estrangeiros, foram as regiões Centro e Açores que conheceram as maiores subidas com 16,5%, 14,9%, respectivamente, contrastando com a quebra do Algarve em 2,4%.

No mês em análise houve um incremento de 122,1 mil dormidas face a Janeiro do ano anterior), do qual 30,5% foi proveniente da região de Lisboa (37,2 mil dormidas adicionais) e 26,5% do Norte (acréscimo de 32,4 mil dormidas).

Quanto à estada média os crescimentos mais significativos ocorreram no Norte (+3,0%), região de Lisboa (+2,9%) e Centro (+2,8%). Este indicador foi mais elevado na RA Madeira (5,55 noites), seguindo-se o Algarve (4,26 noites).
As taxas de ocupação mais elevadas tiveram lugar na Madeira (54,7%) e área metropolitana de Lisboa (40,2%), mas as subidas mais relevantes ocorreram no Alentejo (+2,4 p.p.) e nos Açores (+1,6 p.p.).