INE: Proveitos totais da hotelaria chegam aos 266M€ em Maio

Os proveitos totais da hotelaria portuguesa atingiram 265,9 milhões de euros (+14,9%) durante o mês de Maio, e os de aposento 187,5 milhões de euros (+15,8%). Dados do INE desta sexta-feira revelam, no entanto, que estes resultados superaram os do mês anterior (+12,5% e +12,1%), mas ficaram aquém dos de Janeiro a Maio (+16,6% e +17,6%), respectivamente.

Todas as regiões apresentaram incrementos nos proveitos, principalmente os Açores (+27,1% nos proveitos totais e +24,4% nos de aposento) e a Madeira (+19,3% e +22,0%). Destaque também para o Norte, cujos proveitos totais subiram 19,0, e o Algarve, em que os proveitos de aposento aumentaram +19,3%.

O INE indica ainda que em Maio, rendimento médio por quarto disponível (RevPAR) fixou-se em 43,4 euros, correspondendo a um acréscimo de 13,4% (+9,8% em Abril). Neste caso foram Lisboa e Madeira que se destacaram com valores de RevPAR que ascenderam a 73,7 euros e 50 euros, com a Madeira a liderar o aumento (+21,0%), mas com os Açores, Algarve e Norte a registaram igualmente crescimentos assinaláveis (+18,3%, +17,9% e +15,4%).

Quanto às categorias, o RevPar chegou aos valores de 91,7 euros nos hotéis de 5 estrelas, 66,1 euros nas pousadas e 56,1euros nos hotéis-apartamentos de 5 estrelas.