INE: RevPar subiu em Fevereiro

O rendimento por quarto disponível teve evolução positiva em Fevereiro, registando um aumento homólogo de 1,9% (-2,2% em Janeiro). Mesmo assim, o RevPar médio não ultrapassou os 16,3 euros. De acordo com os dados ontem tornados públicos pelo INE, as regiões com RevPar mais elevado foram a Madeira (27,9 euros) e Lisboa (25,7 euros). Madeira foi aliás a região onde este indicador mais subiu em termos homólogos (+26,2%), enquanto as demais regiões que apresentaram aumentos, Algarve e Lisboa, apresentaram crescimentos menos expressivos (+2,9% e +2,0%, respectivamente). As restantes regiões reduziram o RevPAR, nomeadamente o Centro, o Alentejo e os Açores. Uma vez mais, os hotéis e os hotéis-apartamentos de cinco estrelas foram os estabelecimentos com maior rentabilidade média por quarto disponível (34,3 euros e 21,9 euros respectivamente). Em comparação com o mês homólogo do ano anterior, o RevPAR dos hotéis-apartamentos de cinco estrelas cresceu 42,2%, enquanto o dos aldeamentos turísticos subiu 23,5%. No global, os hotéis-apartamentos registaram um acréscimo de 13,4% no RevPAR, superior ao dos hotéis (+1,1%), sendo de sublinhar que para o resultado dos hotéis apenas contribuíram os cinco estrelas, com +6,5%. M.F.

(Visited 3 times, 1 visits today)