Inicia reabilitação das Torres do Castelo de Montalegre

Concluída a intervenção arqueológica no Castelo de Montalegre, inicia a empreitada de reabilitação das Torres do Castelo, enquadrada na operação “Castelos a Norte”, co-financiada pelo Programa Norte 2020, através do FEDER, com um investimento aproximado de 1,3 milhões de euros.

A cerimónia de lançamento da obra, decorrida a 9 de Junho, feriado municipal, contou com a presença do director regional da Cultura do Norte, presidente da Câmara Municipal de Montalegre e D. Duarte Pio de Bragança. A operação “Castelos a Norte”, na qual se enquadra a recuperação do Castelo de Montalegre, visa intervir nos castelos raianos da Região Norte, integrando também os castelos de Monforte de Rio Livre (Chaves), de Outeiro (Bragança), de Mogadouro e Castelo de Miranda do Douro.

Em termos beneficiários, esta operação inclui, além da Direcção Regional de Cultura do Norte, os municípios de Miranda do Douro e Montalegre. Através de um projecto de revitalização, incidindo sobretudo em acções de recuperação, divulgação e promoção turístico-cultural, pretende-se potenciar o usufruto dos monumentos. O conjunto dos cinco castelos abrangidos constitui um valor patrimonial, histórico e artístico relevante, do ponto de vista da arquitectura militar, do património e da história.