Inquérito AHP: Hoteleiros esperam Páscoa positiva

A AHP – Associação da Hotelaria de Portugal apresentou durante uma conferência realizada na BTL, as perspectivas para o período da Páscoa e fez também um balanço do Carnaval. Relativamente à Páscoa, a AHP analisou tanto o período global das férias escolares como o fim-de-semana, com os hoteleiros a avançarem perspectivas positivas para ambos os períodos.

  

Para o período das férias escolares os hoteleiros prevêem uma melhor performance das receitas totais de alojamento, dos preços e da taxa de ocupação quarto, com uma estada média estável. Já no que se refere ao fim-de-semana da Páscoa, de 13 a 15 de Abril, as expectativas são de valores mais elevados face ao passado em quase todos os indicadores, com destaque para o preço médio por quarto ocupado, receita de alojamento, RevPAR e a receita total.

O Algarve é a região mais optimista em relação ao fim-de-semana nos vários indicadores, embora em Lisboa as expectativas seja igualmente muito positivas. Portugal e Espanha serão os principais mercados emissores durante o período de Páscoa (24% e 22%, respectivamente), seguindo-se França (13%) e o principal canal de reservas será website próprio (para 25% dos inquiridos), a par das agências e operadores turísticos (para 24%).

Quanto ao período do Carnaval, o inquérito lançado pela AHP aos seus associados, permite concluir que 66% das unidades hoteleiras inquiridas obtiveram uma melhor taxa de ocupação este ano do que em 2016, assim como um melhor preço médio (64%), e um melhor RevPAR (65%). Já a estada média foi idêntica à do período homólogo para 57% dos inquiridos.

O Algarve liderou a tabela na taxa de ocupação, preço médio por quarto ocupado e RevPAR. Na taxa de ocupação, Lisboa ocupou o segundo lugar e Alentejo e Centro ocuparam a terceira posição. No preço médio por quarto e no RevPAR, a seguir ao Algarve posicionaram-se a Madeira e o Centro.