Insignare lidera consórcio europeu para criação de curso profissional de turismo digital

A Insignare viu aprovada uma candidatura europeia, no valor de 316.380€, que lhe irá permitir desenvolver a componente tecnológica e de formação em contexto de trabalho do Curso Profissional de Turismo Digital.

A Insignare – Associação de Ensino e Formação segue, assim, a tradição de ser pioneira na proposta de novos cursos ao Catálogo Nacional de Qualificações. A candidatura será aplicada ao longo de 24 meses, de acordo com o planeamento aprovado, sendo um trabalho conjunto com outros sete parceiros de Portugal, Espanha, Holanda, Bélgica e Itália.

Sentido a lacuna de não haver especialização concreta no digital nas áreas de turismo ao nível da formação profissional, a Insignare pretende apostar nesta área. Junta, assim, num mesmo projecto as vertentes do marketing digital, promoção, animação turística, CRM, circuitos, entre outras. A novidade é o facto do desenvolvimento deste projecto ser de carácter europeu, dando longo alcance às áreas a desenvolver e permitindo uniformizar o curso nas componentes tecnológicas nos países parceiros.

A candidatura foi apoiada em constituição inicial pela Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional e pela Direcção-Geral dos Estabelecimentos Escolares, entre outros organismos similares de outros países, tendo como parceiro local a ACISO – Associação Empresarial Ourém-Fátima. A EFVET – Associação Europeia de Escolas Profissionais, da qual a Insignare é associada, é a parceira europeia que terá como responsabilidade divulgar e promover este projecto e os seus resultados.