Investigação científica no transporte aéreo tem Conselho Estratégico

Foi recentemente criado, no âmbito do ISEG – Instituto Superior de Educação e Ciência de Lisboa um Conselho Estratégico para a Investigação Científica e Tecnológica em Operações de Transporte Aéreo. O novo organismo, de natureza associativa, é presidido por Manoel Torres (ex-administrador da TAP) e constituído por 32 personalidades do sector da aviação civil.

conselho_estrategico

“Apoiar o novo conceito de investigação científica e de inovação técnica e tecnológica na área do ensino politécnico” é o principal objectivo deste Conselho Estratégico que integra vários executivos de primeira linha de empresas e instituições do sector da aviação civil e individualidades como professores, consultores e formadores nesta área. Um Conselho Estratégico que ainda não está completo, já que os fundadores tencionam alargar o número de individualidades que o integra.

Pretende-se que a investigação possibilite “soluções concretas” e contribua para a “melhoria do desenvolvimento, exploração e rentabilização” do transporte aéreo e actividades que o suportam, como a fabricação e manutenção aeronáutica, aeroportos e navegação aérea, assistência em escala (“handling”), formação e treino, segurança operacional (“safety”) e segurança da aviação civil (“security”).

Presidido por Manoel Torres, o novo Conselho Estratégico tem como vice-presidente Eurico de Brito, coordenador executivo do Master em Operações de Transporte Aéreo do ISEG, instituição que desde 2005 desenvolve licenciaturas e formações avançadas na área das Ciências Aeronáuticas e Gestão Aeronáutica.