ITB Berlim fechou com 110 mil visitantes profissionais

O número de visitantes profissionais que este ano acorreu à ITB Berlim que terminou no último domingo, sofreu uma quebra face ao ano passado, passando de 113 mil para cerca de 110 mil mas a organização destaca o facto de terem aumentado os profissionais estrangeiros que este ano representaram 43% do total, contra os 40% do ano passado. Embora com uma quebra de 2,6% face ao ano passado, no número de visitantes profissionais, a ITB foi uma vez mais o grande ponto de encontro das gentes de turismo de todo o mundo. Numa área que se estendeu por 160 mil m2, os 26 pavilhões estiveram, segundo a organização, “completamente lotados” e neles se apresentaram mais de 10 mil empresas (10.086, menos que as 10.644 de 2012) de 188 países ou regiões. Em destaque esteve a Indonésia, país parceiro desta edição, que se fez representar através de 120 expositores e o Cazaquistão, que assumiu o papel de parceiro cultural da ITB. Novidade foi a presença de uma representação do Sudão do Sul, país que se tornou independente em 2011. Nos dias reservados aos profissionais, e de acordo com a organização, registou-se um significativo aumento de buyers dos Estados Unidos, Médio Oriente e África, que deverá ter colmatado o decréscimo de 1,7% no número de compradores de Espanha, Itália e Grécia, o que a Messe Berlim considera um “reflexo da situação económica daqueles países que tem levado os consumidores a realizarem menos viagens”. Por outro lado, a Convenção ITB teve um recorde de participação: 21.000 pessoas assistiram às mais de 200 palestras, debates e workshops sobre temáticas diversas, número que reflectiu um aumento de 25% em relação a 2012. No fim-de-semana a feira abriu portas ao público e recebeu a visita de 60.000 pessoas que ali puderam comprar pacotes turísticos. “Uma sondagem realizada entre esses visitantes revelou que um em cada três reservou uma viagem”, informou a organização, que também já marcou as datas para a próxima edição da ITB: de 5 a 9 de Março de 2014. M.F.