ITB China regressa mais forte

A ITB China, que decorre de 16 a 18 deste mês em Shanghai, apresenta-se mais forte nesta sua segunda edição, no Ano do Turismo União Europeia – China.

Cerca de 60% da área de exposições, no Centro de Exposições e Convenções de Shanghai, será dedicada ao segmento de lazer, enquanto os segmentos MICE e corporativos ficam com 27% e as soluções de tecnologia 13%. Por regiões do mundo, a Europa ocupará 37% da área expositiva, com a Comissão Europeia à cabeça, seguidas da Ásia (33%), América (15%) e Médio Oriente (15%).

Mais de 700 expositores de 80 países reservaram espaços para esta segunda edição da feira de viagens B2B, que terá um aumento de 50% de área bruta de exposição em relação ao ano passado.

A ITB China “está-se a converter numa força impulsionadora devido ao potencial da indústria chinesa de viagens”, disse o director-geral do evento, David Axiotis, que acrescentou que “os expositores e visitantes podem esperar três dias de intenso trabalho”, já que a feira apresentará “interessantes oportunidades para explorar as últimas tendências das viagens dos chineses”.

De acordo com a organização, no stand da Comissão Europeia estarão representados países como a Bulgária, Croácia, República Checa, Estónia, Alemanha, Irlanda, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Roménia, Sérvia e Eslovénia. Outros países europeus como Portugal, Grécia, Turquia, Liechtenstein, Malta, e o destino convidado, a Finlândia, formam parte da área europeia.