Jamaica simplifica política de vistos para europeus e latino americanos

A Jamaica simplificou a sua política de vistos para turistas de várias nacionalidades, conferindo a isenção de visto para turistas russos, checos, polacos, húngaros, eslovacos e ucranianos que visitem o país por um máximo de 30 dias, enquanto para os turistas da Colômbia, Panamá e Venezuela foi decidido o prolongamento indefinido da isenção de vistos. “Continuamos a avançar de forma positiva até á eliminação das barreiras que são um obstáculo às viagens, enquanto se facilita o acesso aos visitantes provenientes destes mercados”, afirma Wykeham McNeill, ministro do Turismo e Lazer da Jamaica. O anúncio de que a Jamaica vai simplificar a política de vistos agradou à Organização Mundial do Turismo (OMT), cujo secretário-geral, Taleb Rifai, se congratulou já pela decisão do executivo jamaicano. “Simplificar as políticas de vistos gera novas oportunidades de crescimento do turismo e, como tal, dos benefícios económicos que dai advêm. Um estudo recente da OMT mostra um progresso considerável na agilização dos vistos nos últimos anos, embora ainda existam dificuldades em alguns países. A decisão da Jamaica é animadora e serve de exemplo ao caminho a seguir”, considera Taleb Rifai. A isenção de vistos para os turistas da América Latina foi decidida em 2011 e revelou-se uma boa estratégia, motivo pelo qual foi agora prolongada indefinidamente. Desde que entrou em vigor, esta medida permitiu aumentar em 50% o número de entradas de turistas desta região, esperando-se agora resultados semelhantes com o levantamento da exigência de visto para os turistas da Europa de Leste. I.M.