Jardim Botânico do Faial com sinalética para invisuais

A nova sinalética, resultante de uma parceria com Associação de Pais e Amigos dos Deficientes da Ilha do Faial permite que os invisuais possam movimentar-se no espaço e interpretar as suas colecções.

A parceria com a Associação de Pais e Amigos dos Deficientes da Ilha do Faial permitiu dotar o Jardim Botânico do Faial de “sinalética interior a indicar os sanitários e o bar, bem como sinalética exterior na horizontal, que indicará a direcção a ser tomada pelos visitantes, de modo a percorrerem de forma segura os corredores entre os canteiros, e também por sinalização vertical, em braille, que fará referência às várias plantas existentes”, explicou a secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo na cerimónia que assinalou as comemorações do 31.º aniversário do Jardim.

Marta Guerreiro anunciou que o Jardim Botânico passará ainda a contar “com um Guia de Visitação em Braille que ajudará os visitantes invisuais a compreender a sinalização interior e exterior e, ao mesmo tempo, conhecer o Jardim Botânico, nomeadamente a sua história e organização”.

A governante afirmou mesmo que qualquer cidadão, independentemente das suas limitações físicas, deve usufruir dos Centros de interpretação de forma autónoma, o que já é possível no Jardim Botânico do Faial através da instalação da sinalética para invisuais.