José Roquette afirma que “crescimento com rentabilidade é obsessão” do Grupo Pestana

José Roquette afirmou esta quarta-feira, em Lisboa que “crescimento com rentabilidade é obsessão do principal accionista do Grupo Pestana”, que “nunca vai perder este foco”.

O administrador para a Área de Desenvolvimento do Pestana Hotel Group, partilhou alguns desafios enfrentados ao longo deste trajecto de sucesso do investimento internacional, bem como aqueles que constituem os principais factores de sucesso da estratégia implementada e que passam por uma clara ambição de crescimento conjugada com um foco muito firme nas competências “core” do Grupo, a par de uma preocupação permanente com a sustentabilidade económica, social e ambiental dos projectos.

Na conferência de imprensa de apresentação da estratégia de desenvolvimento do Grupo, José Roquette expos as preocupações da cadeia em relação à diversificação regional, bem como a busca de novos modelos de negócio, deixando de passar unicamente pelo risco da propriedade, e optando pela partilha do investimento, quer através de arrendamento/concessão, gestão e franchising, e até mesmo com o lançamento de novas marcas como aconteceu com o Pestana CR7

O executivo indicou ainda que vai ser reforçada e internacionalizada a marca Pestana Collection (segmento alto), a começar pelas novas unidades de Madrid e Amesterdão.

O Grupo Pestana ocupa a 125.ª posição no ranking de 2014 dos maiores grupos hoteleiros do mundo, e na Europa, aparece ainda destacado em 31º lugar. Hoje está presente em 3 continentes, 15 países, com 87 unidades, cerca de 11 mil quartos e mais de 7 mil colaboradores, permite ainda consolidar a posição de liderança em Portugal.

Com um volume de negócios actual na ordem dos 400 milhões de euros e 68,1% da actividade concentrada na hotelaria, o grupo gere activos avaliados em 1,1 mil milhões de euros.

O executivo adiantou que “Portugal vai dar um enorme contributo para aquele que vai ser o melhor ano de sempre do Grupo Pestana”, já que a cadeia prevê alcançar um EBITDAR de 115 milhões de euros.