Lançado segundo concurso público do REVIVE

Publicado em Diário da República esta quarta-feira, o concurso público refere-se aos edifícios dos pavilhões do Parque D. Carlos I, nas Caldas da Rainha que serão concessionados para instalação de uma unidade hoteleira.

Está aberto o  concurso público com publicidade internacional para a concessão de direito de exploração dos edifícios dos pavilhões do Parque D. Carlos I, nas Caldas da Rainha, para instalação de unidade hoteleira. A partir de agora, os investidores interessados têm 120 dias para apresentar as suas propostas.

Os Pavilhões do Parque D. Carlos I são um dos 30 imóveis inscritos no REVIVE, uma iniciativa conjunta dos Ministérios da Economia, Cultura e Finanças com a colaboração das autarquias locais, que visa promover os processos de rentabilização e preservação de património público que se encontra devoluto. Através deste projecto pretende-se “tornar este património apto para afetação a uma actividade económica com finalidade turística, de modo a gerar riqueza e postos de trabalho, promover o reforço da atractividade de destinos regionais, a desconcentração da procura e o desenvolvimento de várias regiões do país”, lê-se numa nota da Secretaria de Estado do Turismo.

O lançamento deste concurso surge depois de, em 29 de Julho do ano passado ter sido lançado o primeiro concurso do REVIVE, referente ao Convento de São Paulo, em Elvas.