Leiria Dancefloor regressa como festival de dois dias

A terceira edição do Leiria Dancefloor marca a primeira vez em que o evento se apresenta como um festival de dois dias, a decorrer a 4 e 5 de Agosto, novamente no Estádio Dr. Magalhães Pessoa, em Leiria. O cartaz conta, como cabeças de cartaz, com Headhunterz, Makj, Kryder, Djeff Afrozila, Kura, Yves V e Coone.

A edição de 2017 do festival foi apresentada esta quarta-feira, no Pestana CR7 Lisboa, por Tiago Martins, promotor do evento, Raúl Castro, presidente da Câmara Municipal de Leiria, e João Reis, da RFM. Tiago Martins explica que “o objectivo [do festival] passou por colmatar uma lacuna que existia no mercado português”. “Fomos analisando os artistas que os outros festivais foram trazendo e decidimos desenhar um cartaz diferente e atractivo”. O festival tem interesse em desenvolver a imagem de Leiria a nível turístico, também com a realização de um magazine do evento, com 30.000 exemplares, que será distribuído a quem chegam do estrangeiro. Para o presidente da CM de Leiria, o festival “é, sobretudo, um evento que ajuda a que a imagem de Leiria possa consolidar-se a cada dia que passa”. Até ao momento, 60% dos bilhetes foram vendidos no estrangeiro.

O espaço, no Estádio Municipal de Leira, tem lotação para 20.000 pessoas. “Se chegarmos às 10.000/15.000 pessoas já ficarei extremamente contente”, atesta Tiago Martins, que explica que se as expectativas forem ultrapassadas, “temos capacidade de levar este espaço até as 45.000 pessoas por dia”. As vendas estão a ser em grande medida superiores às dos anos passados, edições que não se revelaram positivas, podendo o espaço atingir a lotação máxima. “Estamos, a investir ainda mais”, atesta o promotor do evento, que revela que com o cartaz elaborado e “condições em termos logísticos muito boas” esperam realizar o que “poderá ser um dos maiores festivais nos próximos anos”.

O bilhete para os dois dias de Leiria Dancefloor tem o valor de 30€. O festival que espera ser “a maior pista de dança de Portugal” abre as portas às 17h00, com as actuações a durar entre as 18h00 e as 4h00. Após a catástrofe dos incêndios foi decidido pelos organizadores do evento doar 1€ de cada bilhete para um fundo que está a ser contruído dentro da Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria, a que pertencem os municípios de Castanheira de Pêra, Figueiró dos Vinhos e Pedrógão Grande.