Lisboa já tem Museu do Dinheiro

Da responsabilidade do Banco de Portugal, o Museu do Dinheiro, que abriu portas a 20 de Abril, fica no edifício da antiga Igreja de São Julião, na Baixa Pombalina, a escassos metros da Câmara Municipal de Lisboa. A entrada é gratuita.

No Museu do Dinheiro, onde pode ter a experiência de pegar numa barra de ouro, estão em exposição cerca de 1.200 objectos os objectos que contam a história, evolução, os diferentes nomes e representações que o dinheiro foi adquirindo ao longo de muitos séculos e muitas culturas. E há experiências interactivas, como a cunhagem de moedas ou a estampagem de notas com o rosto do visitante.

Por outro lado, no subsolo será possível visitar o único troço conhecido da Muralha de D. Dinis, classificado como Monumento Nacional, e um conjunto de vestígios arqueológicos que permitem reconstituir o dia-a-dia da zona ribeirinha ao longo de mais de mil anos.

Aberto de quarta-feira a sábado, entre as 10h00 e as 18h00, o Museu vai manter uma vasta programação educativa e cultural, “reflectindo o compromisso do Banco de Portugal com a comunidade, com a criação artística e com a protecção e a valorização do património”.