Lisboa tem novo “miradouro”: Centro Interpretativo da Ponte 25 de Abril abre a 27 de Setembro

Lisboa não teria melhor forma de comemorar o Dia Mundial do Turismo, a 27 de Setembro, do que com a inauguração de um novo equipamento, uma experiência única que muito agradará aos turistas e está a despertar grande curiosidade nos lisboetas, como afirmou ao Turisver.com Vítor Costa, director-geral do Turismo de Lisboa e presidente da ERT Região de Lisboa. Trata-se da “Experiência Pilar 7 – Centro Interpretativo da Ponte 25 de Abril”, a nova atracção da capital que leva os visitantes até ao tabuleiro da ponte, mas não só.

  

Ver Lisboa de um ângulo que nunca antes foi possível, subir à altura do tabuleiro da Ponte 25 de Abril e ficar quase “lado a lado” com os automóveis que vão passando, conhecer a Ponte “por dentro”, visitando áreas que nunca antes se abriram aos olhos do público, são algumas das sensações que a partir de 27 de Setembro vão estar à disposição de todos em Lisboa, com a abertura, da “Experiência Pilar 7 – Centro Interpretativo da Ponte 25 de Abril”.

A visita inicia-se pela área exterior ao maciço central do Pilar 7, nas proximidades do Centro de Congressos de Lisboa (na Junqueira), onde é possível contemplar a escala das estruturas da Ponte e conhecer particularidades inerentes à sua construção, através de informações contidas em vários discos de metal de grande dimensão, colocados no chão ao longo do percurso.

A entrada faz-se por uma sala/loja que serve de recepção aos visitantes, onde está pela primeira vez exposta publicamente a maqueta original da Ponte 25 de Abril. Dali se prossegue para o maciço central do Pilar 7, onde, na Sala dos Trabalhadores, são passadas projecções 360º sobre a construção da Ponte.

Numa sala contígua é-se virtualmente envolvido no azul das águas do Tejo. Ali começa a primeira subida em elevador panorâmico que permite “emergir” dessas águas virtuais e contemplar um modelo da Ponte. Nesta primeira paragem ouve-se e vê-se a aproximação do comboio que faz a travessia entre as duas margens, através de uma projecção. Ainda neste piso visitam-se as duas salas onde residem as principais amarrações dos cabos de sustentação da Ponte.

Através de uma escada suspensa acede-se à “Sala dos Espelhos” que dá a noção da profundidade e grandiosidade do interior do maciço do Pilar 7, e a um passadiço exterior que conduz ao elevador que leva o visitante à altura do tabuleiro rodoviário onde se situa o miradouro com vista panorâmica que, a 80m de altura proporciona novas perspectivas de Lisboa e Almada.

No final da visita, pode ainda ter-se uma experiência virtual que leva o visitante numa “viagem” desde a base de cimento em que a Ponte assenta no Tejo, até ao topo mais alto, onde parece até ser possível “abraçar” o Cristo Rei.

À saída, além de comprar recordações, podem enviar-se fotos da visita para um email ou redes sociais.

O Pilar 7 vai estar aberto diariamente (encerra a 25 de Dezembro) das 10h00 às 20h00 de Maio até final de Setembro e até às 18h00, de Outubro a Abril. O bilhete normal custa 6€ (4€ para jovens, crianças a partir dos 5 anos, e + de 65 anos). Já a experiência de realidade virtual custa 1,50€. Para os detentores do Lisboa Card ambas as atracções são gratuitas.