Lisboa: Todos os indicadores da hotelaria sobem em Julho

O Observatório do Turismo de Lisboa indica que, em Julho, registou-se um crescimento significativo em todos os indicadores e em todas as unidades hoteleiras de 3, 4 e 5 estrelas da cidade de Lisboa, quando comparado com o período homólogo de 2015.

A ocupação média por quarto na cidade de Lisboa foi de 85,04%o (+2%) impulsionada pelas unidades de 3 e 5 estrelas que registaram aumentos de 4,8% e 2,9%, respectivamente.

No preço médio por quarto vendido (Average), destacam­-se as unidades de 4 estrelas com o valor mais elevado de taxa de variação (+10,2%) para os 74,31 euros, seguidas das unidades de 3 estrelas (+ 7,5%) para os 64,63 euros.

O preço médio por quarto disponível (RevPar) atingiu os 75,82 euros, um acréscimo de 10,7% face a Julho de 2015. A subida deste indicador foi possível graças ao crescimento significativo que se verificou nas unidades de 3 estrelas (+12,6%).

No acumulado entre Janeiro e Julho houve um ligeiro decréscimo na ordem dos 0,3% na ocupação média por quarto, contrapondo com os aumentos verificados nos outros dois indicadores que no caso do Average foi de 5,9% e no RevPar, de 5,6%.

No que diz respeito à região de Lisboa, as unidades de 3, 4 e 5 estrelas registaram crescimento na ocupação média por quarto, tendo chegado aos 84,57%, uma subida de 2,3% face ao mesmo mês do ano anterior. Destacam-se as unidades de 3 estrelas, que registam 87,77%or cento (+4,6 por cento), seguidas das unidades de 5 estrelas, com 77,94 por cento (+2,9 por cento).

No preço médio por quarto vendido (Average), o aumento em todas as ca­tegorias das unidades hoteleiras, traduz-se em 93,79 euros e numa variação positiva de 8,1 por cento.

O RevPar acompanha a tendência apresentando valores positivos nas unidades de 3, 4 e 5 estrelas. O preço médio por quarto disponível fixou-se em 79,31 euros, ou seja, mais 10,5% face ao mesmo período do ano anterior. As unidades de 3 estrelas deram o maior impulso para este resultado, ao registarem um acréscimo de 13,2%, chegando aos 58,93 euros.

De Janeiro a Julho, diz o Observatório do Turismo de Lisboa, os três indicadores analisados mantiveram a tendência de crescimento.