Lisboa e Porto unidas por “ponte aérea”

Uma “ponte aérea” a ligar Porto e Lisboa, com voos de hora a hora em cada um dos sentidos e preços desde 39€ por percurso, foi uma das novidades avançadas esta quinta-feira pelo CEO da TAP, Fernando Pinto, em conferência de imprensa.

No dia em que foi lançada a TAP Express ficou a saber-se que a TAP vai lançar uma ponte aérea entre os aeroportos de Lisboa e do Porto. “Vamos atender o mercado Porto-Lisboa e Lisboa-Porto com um serviço altamente eficiente”, afirmou Fernando Pinto, explicando que “a ideia é termos, a cada hora, voos interligando as duas cidades”. Assim, tanto do Porto como de Lisboa, haverá um voo por hora a partir, num total de “16 voos diários de ida e volta, 16 descolagens daqui e 16 descolagens de lá” numa “enorme operação” de “114 voos por semana, mais 57 frequências do que temos hoje”.

Na ponte aérea serão utilizados, sobretudo, aviões da TAP Express, nomeadamente os ATR 72, mas também a frota de Airbus A320 da TAP “nos horários de maior pico” ou sempre que a procura o justificar.

“A nossa ideia é entrar em competição com o comboio e até com os autocarros”, afirmou Fernando Pinto, avançando que os voos da ponte aérea irão apresentar preços desde 39€ por percurso, já com taxas incluídas.

Acresce que estes voos vão também beneficiar de check in e portas de embarque específicas que tornarão os procedimentos de embarque mais simples e rápidos, o que vai implicar também um esforço por parte da ANA-Aeroportos, com quem a TAP está a conversar nesse sentido.

No que se refere ao Porto, o CEO da TAP avançou ainda que serão mantidas as ligações para a Madeira e diversas cidades europeias, ao mesmo tempo que a operação de longo curso, com voos para Nova Iorque, São Paulo e Rio de Janeiro, duas vezes por semana, será também mantida.