Lisboa sustenta aumento de passageiros nos Aeroportos da ANA

O movimento de passageiros nos aeroportos geridos pela ANA registou em Janeiro um aumento praticamente residual de 0,4%. Um crescimento que foi sustentado pelo aeroporto de Lisboa, que registou um acréscimo de 2,4% no número de passageiros processados num mês em que praticamente todos os outros aeroportos apresentaram quebras. De acordo com os dados ontem divulgados pela ANA, o número de passageiros 1 processados pelo aeroporto de Lisboa ultrapassou um milhão, chegando, concretamente, a 1.011.439, o que reflecte um aumento homólogo de 2,4%. A ANA sublinha aliás o facto de, pela primeira vez, a Portela ter ultrapassado o milhão de passageiros no mês de Janeiro. Quanto aos restantes aeroportos geridos pela ANA, apenas o da Horta apresentou também um aumento no número de passageiros: o da Horta, com +3% que em Janeiro do ano passado, atingindo os 10.070 viajantes. Todos os outros aeroportos apresentaram quebras homólogas, com as maiores descidas a acontecerem nos aeroportos açorianos, concretamente, Santa Maria (-26,8% para 5.833), Flores (-23,5% para 1.713) e João Paulo II, em Ponta Delgada (Ilha de São Miguel), com -4,0% para 46.559 passageiros. Segue-se o Aeroporto de Faro, com -3,9% para 158.726 passageiros. O Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, também verificou uma descida face ao mesmo mês do ano passado: -1,7% para 390.8432 passageiros . No total dos aeroportos, a ANA contabilizou, no mês de Janeiro 1.615.233 de passageiros, reflectindo mesmo assim um crescimento de 0,4% comparativamente ao primeiro mês do ano passado. No que se refere à tipologia de tráfego, a ANA destaca que o aumento foi suportado pelas companhias low cost que registaram uma variação positiva de 7,6% no número de passageiros transportados. Já em termos de mercados, há a destacar o crescimento de França, Suíça, Reino Unido e Holanda, enquanto ao nível das companhias aéreas, o destaque vai para a TAP Portugal (47,7%), easyJet (13,2%) e Ryanair (11,5%), que, no seu conjunto, transportaram 72,4% dos passageiros processados nos aeroportos geridos pela ANA no primeiro mês deste ano. M.F.