Lista única: ANT elege novos corpos sociais dia 26 de Abril

Com lista única, encabeçada pelo Turismo dos Açores/ATA, representada por Francisco Coelho, as eleições para os novos corpos sociais da ANT – Associação Nacional de Turismo, realizam-se no próximo dia 26 de Abril.

Partilhando o objectivo da necessidade da afirmação da componente regional do turismo, para a dignificação das suas organizações e para a colocação na ordem do dia da necessidade de descentralização no sector, os presidentes do Turismo dos Açores, de Lisboa e do Porto e Norte decidiram dinamizar uma lista candidata, que inclui responsáveis por todas as restantes regiões, bem como representantes de várias associações que reconhecem o papel estratégico do turismo regional.

A lista agora apresentada propõe-se valorizar a tradição de décadas de autonomia e regionalização do turismo, “em grande parte responsável pelo seu actual sucesso e pelo seu contributo para a economia nacional, para a recuperação das finanças públicas, para o prestígio do país e para a auto-estima dos portugueses”, refere nota da nova candidatura.

Os novos signatários reconhecem que a actual organização regional do turismo, composta pelos dois Governos Regionais, por cinco ERTs – Entidades Regionais de Turismo e por sete ARPTs – Agências Regionais de Turismo, “constitui um sistema actualmente coerente, reconhecido pelos actores locais e regionais e cujo papel pode ser muito mais reforçado com vista ao desenvolvimento do Turismo nacional”, indica ainda a mesma nota, que acrescenta que, no que concerne às ERTs considera-se “que o Estado e a Administração Pública devem respeitar e aprofundar a sua génese municipal e associativa, reconhecendo a sua autonomia, dignificando-as e valorizando uma atitude de parceria face a uma atitude de tutela”.

A lista candidata defende ainda que dentro do sistema regional de turismo, as ERTs “devem assumir e reforçar um papel fundamental a nível da valorização do território, das infra-estruturas, da oferta turística, da gestão de programas e fundos comunitários regionais, da captação e apoio ao investimento privado, da organização e desenvolvimento dos produtos, da melhoria da experiência turística e do apoio à promoção turística”, quanto as ARPTs “devem ser valorizadas e reforçadas enquanto entidades especializadas no marketing e promoção turística internacional, cuja responsabilidade lhes deve ser inteiramente cometida no respectivo âmbito territorial, para além de serem os parceiros privilegiados das ERTs no desenvolvimento de programas e acções com estas acordados”.

Neste quadro, considera-se “prioritário encetar um diálogo construtivo com o Estado com vista a iniciar, também no sector do turismo, um processo de descentralização, transferindo para as organizações regionais competências e meios actualmente concentrados na Administração Central, com soluções variáveis tendo em conta as diferentes realidades regionais”, rejeitando simultaneamente “a inclusão de novos actores no processo turístico regional, nomeadamente a nível da promoção turística, de forma a evitar a dispersão, duplicação e proliferação de intervenções e desperdício de recursos”.

A lista às eleições propõe-se, assim, dar “um contributo activo para alguns temas fundamentais para o desenvolvimento sustentado do turismo, designadamente a valorização do factor trabalho no sector, a ultrapassagem de constrangimentos a nível das acessibilidades e transportes, a necessidade de definir estratégias e políticas adequadas para garantir a sustentabilidade do turismo e o enquadramento das taxas turísticas municipais numa perspectiva de desenvolvimento do turismo e de participação dos agentes”, sublinha o comunicado.

A lista candidata tem a seguinte composição:

Direcção

Presidente – Turismo dos Açores/ATA, representada por Francisco Coelho, Presidente

1º vice-presidente – Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa, representada por Vítor Costa, presidente

2º vice-presidente – Turismo do Porto e Norte de Portugal, representada por Melchior Moreira, presidente

Vogal – Turismo do Alentejo/Ribatejo -ERT, representada por António Ceia da Silva, presidente

Vogal – AHRESP- Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal, representada por Carlos Moura, vice-presidente

Suplente – DRT – Direcção Regional de Turismo da Madeira, representada por Dorita Mendonça

Assembleia Geral

Presidente – Região de Turismo do Algarve, representada por Desidério Silva, presidente

Vice-presidente – Associação dos Comerciantes do Porto, representada por Nuno Camilo

Secretário – ARAC – Associação dos Industriais de Aluguer de Automóveis sem Condutor, representada por Joaquim Robalo de Almeida

Conselho Fiscal

Presidente – Entidade Regional de Turismo do Centro de Portugal, representada por Pedro Machado, presidente

Vice-presidente – NERA – Associação Empresarial da Região do Algarve, representada por Vítor Neto, presidente

Vogal – APECATE – Associação Portuguesa de Empresas de Congressos, Animação Turística e Eventos, representada por António Marques Vidal, presidente