Livro sobre “Cruzeiros Turísticos” assinala cinquentenário da Princess Cruises

O navio de cruzeiro Ocean Princess foi palco do lançamento oficial do “Cruzeiros Turísticos – Uma perspectiva sistémica e multidisciplinar”, numa cerimónia que assinalou quinquagésimo aniversário da companhia de cruzeiros Princess Cruises.

A obra tem como organizadoras as professoras Cláudia Soares, Ericka Amorim e Fábia Trentin e é o segundo livro sobre o tema editado em Portugal, reunindo os contributos, em diversas áreas, de especialistas de universidades portuguesas, argentinas, brasileiras, espanholas e norte-americanas, num conjunto total de 14 artigos científicos, de cerca de 30 autores de diversas nacionalidades.

O livro aborda temáticas como as condições de trabalho e de vida a bordo dos navios de cruzeiros, a adaptação dos portos e dos destinos para receberem o fluxo de navios e de visitantes e também, os cuidados de saúde dos passageiros, a prevenção de acidentes a bordo, a pirataria, o terrorismo e a segurança nos portos e nos destinos.

São ainda analisadas as experiências turísticas vividas a bordo e nos destinos, com enfoque na hospitalidade, no entretenimento e lazer proporcionados e da percepção dos cruzeiristas pelos destinos.
A cerimónia de lançamento foi ainda assinalada com a inauguração da pintura do logótipo oficial das comemorações no cais do Porto de Portimão.

A mesma contou com a presença e intervenção de um dos co-autores e autor do prefácio do livro, Luís Monteiro, uma das organizadoras do livro, Ericka Amorim, do vice-presidente do Instituto Politécnico de Tomar, João Coroado, do presidente da Região de Turismo do Algarve, Desidério Silva, do presidente do Conselho de Administração dos Portos de Sines e do Algarve, João Franco, e a presidente da Câmara Municipal de Portimão, Isilda Gomes.

A publicação da obra está a cargo da editora Textiverso e tem como parceiros a Administração dos Portos de Sines e do Algarve, o Turismo do Algarve, a Wilhelmsen Ships Service e o Município de Portimão, contando ainda com o apoio do Instituto Politécnico de Tomar, da Tourism and More e da Universidade de Lisboa.