Lufthansa investe em personalização e digitalização

Até 2020 o Grupo Lufthansa vai investir 500 milhões de euros nas áreas de personalização e digitalização do produto, de modo a ir ao encontro das preferências dos seus clientes com ofertas digitais personalizadas.

Este investimento permite que o viajante possa, entre outras coisas, teledescarregar 250 jornais e revistas, colocar as suas questões à chatbot Mildrer sobre os melhores preços para voos, bem como aceder às informações actuais sobre os seus voos com o Apple Watch em pleno voo. Recentemente, o grupo desenvolveu uma nova aplicação para o “assistente pessoal” Google Home, um aparelho que poderá em breve usar a tecnologia da voz para responder a perguntas relativas aos próximos voos da Lufthansa. A digitalização “não se trata somente de grandes inovações, mas também de pequenas coisas que tornam o acto de viajar mais agradável, mais confortável e mais personalizado”, refere Harry Hohmeister, membro do Conselho Executivo do Grupo Lufthansa.

A grande novidade, apresentada na ITB, foi a revelação do novo Boeing Triple Seven X, que deslocará pela primeira vez em 2020, com uma Business Class totalmente renovada, onde os passageiros podem controlar os seus assentos a partir dos seus próprios telemóveis ou tablets, usando uma tecnologia sem fios. A posição do assento, assim como o entretenimento a bordo podem ser controlados directamente através de aparelhos pessoais. O novo assento representa um exemplo da nova estratégia dentro do grupo, de uma responsabilidade conjunta, com este a ser desenvolvido colectivamente para a Lufthansa, Austrian Airlines e Swiss.

O departamento de vendas foi também reestruturado no ano passado em todas as companhias aéreas da placa giratória do Grupo Lufthansa. A plataforma “BookaGroup”, que será alargada às três companhias aéreas no segundo trimestre de 2017, é um dos exemplos dessa aproximação. Os parceiros de vendas poderão pedir qualquer combinação de voo na Lufthansa, Austrian Airlines e Swiss numa ferramenta única na web e fazer as reservas com confirmação imediata.

O grupo disponibiliza, ainda, um novo tipo de tarifa, os bilhetes de ida para destinos europeus. A partir de agora, os clientes Lufthansa podem viajar pela Europa na Lufthansa, Austrian Airlines e Swiss a partir de 49€. São mais de 7.500 voos semanais para 170 destinos em 44 países, que oferecem ainda mais opções e mais flexibilidade nas viagens aéreas.

Em 2017, vão continuar a alargar os seus canais directos, com o objectivo a longo prazo de ser pioneiro, oferecendo voos e serviços atractivos, que vão ao encontro das necessidades cada vez mais especializadas e dinâmicas dos parceiros de vendas e de clientes institucionais. Um primeiro passo a ser dado pelo grupo será oferecer aos seus parceiros de vendas directas a pré-venda de promoções exclusivas. Continuando, as ofertas diferenciadas disponibilizadas aos parceiros de Direct Connect serão reavaliadas, alargadas e adaptadas continuamente de modo a ir ao encontro das necessidades dos clientes, sempre que possível.