Luís Matoso e Jorge Abrantes completam direcção do Turismo de Portugal

O secretário de Estado do Turismo escolheu Luís Matoso e Jorge Abrantes para os cargos de vogal do Conselho Directivo do Turismo de Portugal, com os pelouros da promoção e do financiamento, respectivamente. O Ministério da Economia, por despacho do secretário de Estado do Turismo, Adolfo Mesquita Nunes, nomeou os dois vogais na passada segunda-feira, 20 de Janeiro, ficando assim completa a equipa de gestão do conselho directivo do Turismo de Portugal. “O processo de escolha dos dois vogais passou pelo crivo da CRESAP que, no fim do processo de avaliação, seleccionou e enviou para apreciação da tutela o nome de três personalidades com perfis diferentes e grande qualidade. Seguiu-se um processo de entrevistas que resultou na escolha pela tutela destes dois elementos”, refere o Ministério da Economia em comunicado. Luís Matoso mantém-se, assim, no cargo que já ocupava desde 2011, enquanto o cargo de vogal com o pelouro do financiamento passa a ser assumido por Jorge Abrantes, actual docente universitário na Escola de Hotelaria e Turismo do Estoril (EHTE), do Instituto Superior de Educação e Ciências (ISEC) e da Universidade Aberta. Jorge Abrantes é um profissional bem conhecido do trade turístico, uma vez que foi também director-geral comercial da companhia aérea White Airways e administrador do operador turístico Sonhando, tendo desempenhado ainda vários cargos em diversas empresas do sector. Com a nomeação dos dois vogais, a equipa directiva do Turismo de Portugal para os próximos cinco anos fica completa, uma vez que o presidente, João Cotrim de Figueiredo, tinha já sido nomeado em Novembro, seguindo-se, em Dezembro, a nomeação de Maria Teresa Rodrigues Monteiro como vice-presidente. I.M.