Machu Picchu implementa nova política de visitas

Visando o seu uso sustentável e com vista à sua preservação, as ruínas da cidadela inca de Machu Picchu (Peru) passa a receber diariamente apenas 5.900 visitantes.

Os turistas deverão completar a visita no máximo de quatro horas em cada um dos turnos e se quiserem permanecer todo o dia, deverão comprar as entradas dos dois segmentos.

Além disso, estão obrigados a visitar Machu Picchu acompanhados de um guia, que não poderá levar grupos superiores a 16 pessoas.

O regulamento de uso sustentável de Machu Picchu, reconhecida desde 1983 como Património Cultural da Humanidade pela Unesco, e considerada, desde 2007, uma das novas sete maravilhas do mundo, foi aprovado pelo governo do Peru, em Fevereiro deste ano, com vista a evitar a sua degradação, e entrou em vigor no passado dia 1 de Julho.