Madeira organiza Festival da Natureza

A VII edição do Festival da Natureza, que se realiza de 3 a 8 de Outubro, na Madeira, tem este ano um aumento de investimento, mais actividades e mais horas de aproveitamento das mesmas.

Reforçar a notoriedade e a projecção da Madeira, como destino activo e de natureza, associando a natureza ao desporto, são dos principais objectivos que norteiam este festival.

De acordo com o secretário regional do Turismo da Madeira, Eduardo Jesus, que falava na apresentação do festival “queremos que estes eventos se tornem mais fortes, com maior notoriedade, presença, reconhecimento e possam alongar no tempo, porque se eles alongarem a mancha que é coberta, sob o ponto de vista da promoção e da permanência do interesse das pessoas aqui na Madeira, é maior”,

Eduardo Jesus, citado pela agência Lusa, considera que os conteúdos turísticos devem permitir “uma frequência equilibrada da procura”, recusando a ideia de ter programações coladas, para acrescentar que “não nos interessa ter um festival da natureza em Agosto, quando a Madeira está no pico da procura, nem interessa ter colado o evento a qualquer outro”, especificou.

Relativamente à edição deste ano do Festival da Natureza, o principal objectivo passa por potenciar “os selos” que distinguem a Madeira de outros locais, como a Laurissilva ou as reservas naturais.

Este ano a edição é levada para mais locais da região – incluindo cinco concelhos – e uma diversificação do horário, no sentido de abranger mais pessoas nas actividades previstas, incluindo novas experiências de vela, ‘stand up padle’ e baptismos de voo em parapente.