Mais de 70% dos portugueses não vão fazer férias de Páscoa

O IPDT – Instituto de Turismo realizou recentemente um inquérito sobre a intenção de férias dos portugueses na Páscoa e concluiu que 70,7% dos inquiridos não vão gozar férias na Páscoa este ano, o que traduz por uma diminuição nas intenções de férias em relação à Páscoa de 2012, quando a percentagem de indivíduos que diziam não contar fazer férias era de 67,3%. Dos 29,3% que admitiram tirar férias nesta Páscoa, a maioria (81%) vai ficar pelo território nacional, com 14% a apontar a visita a familiares e amigos como a principal motivação, seguindo-se o lazer, com 9,6%. Apenas 4,8% dos inquiridos aponta o estrangeiro como destino de férias na Páscoa, em lazer, enquanto 0,2% dos indivíduos diz que vai viajar para o estrangeiro, ficando, no entanto, em casa de familiares e amigos, o que representa que apenas um em cada cinco turistas vai escolher o estrangeiro como destino. A grande maioria diz, no entanto, que não vai gozar férias, ainda que só 13,2% atribuam a culpa à crise e admitam que não o farão por impossibilidade financeira, o que representa uma subida face aos 8,2% que o tinham admitido no ano passado. Incluindo os desempregados e os indivíduos que se encontram numa situação laboral precária, o total dos inquiridos que não vão gozar férias por causa da crise sobe para os 16,7%, uma vez que os restantes 53,9% dizem que não o farão porque não costumam tirar férias nesta altura. “Face aos resultados apurados durante a Páscoa 2012, o questionário agora realizado pelo IPDT – Instituto do Turismo revela uma quebra de quatro pontos percentuais (de 33 para 29 por cento) no número de portugueses que optam por fazer férias durante a Páscoa. Da comparação com o período homólogo emerge uma outra conclusão: aumentou 4,6 por cento o número de inquiridos que “culpa” a crise pelo facto de não viajar para fora do local de residência no período pascal”, conclui o IPDT. O inquérito foi aplicado entre os dias 6 e 25 de Março e contou com um total de 228 inquiridos, tendo sido realizado através da página do Facebook do IPDT, que conta com mais de 2.100 fãs. I.M.