Manuel Caldeira Cabral será o novo ministro da Economia

Apesar da lista do elenco governativo de António Costa só ser oficialmente divulgada após a sua apresentação ao Presidente da República, Manuel Caldeira Cabral é dado como certo na pasta da Economia. Os novos ministros deverão tomar posse ainda esta semana.

A indicação de Manuel Caldeira Cabral para ministro da Economia não é surpresa já que se trata de um dos economistas que esteve na preparação do relatório em que era delineado o cenário macroeconómico apresentado pelo Partido Socialista em Abril último.

Economista e professor da Escola de Economia e Gestão da Universidade do Minho, especializado em Economia Europeia e Internacional, Manuel Caldeira Cabral encabeçou, como independente, a lista do PS pelo distrito de Braga, nas legislativas de 4 de Outubro.

Doutorado em Economia pela Universidade de Nottingham, no Reino Unido, e com um mestrado em Economia pela Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa, Manuel Caldeira Cabral foi assessor de Teixeira dos Santos no Ministério das Finanças e de Manuel Pinho no Ministério da Economia, nos XVIII e XVII Governos, respectivamente.