Marta Guerreiro quer ver a cultura integrada na oferta turística dos Açores

No encerramento da conferência “A importância da cultura no turismo” realizada segunda-feira em Ponta Delgada, a secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo dos Açores afirmou que estão a ser envidados esforços para que o turismo cultural seja um segmento cada vez mais completo na região.

Para Marta Guerreiro, os Açores têm ainda muito a fazer no âmbito do turismo cultural, mas afirma que estão a ser dados os primeiros passos nesse sentido, dado que, conforme sublinhou, a cultura constitui um factor essencial na oferta turística que o arquipélago disponibiliza aos visitantes.

“A cultura e a arte devem fazer parte do conjunto de produtos que temos disponíveis para quem nos visita”, frisou, garantindo o Governo açoriano pretende promover a criação de visitas ou circuitos organizados para a descoberta e exploração dos atractivos paisagísticos, culturais e gastronómicos da região, a que se soma ainda a promoção da agenda cultural e sua disponibilização aos agentes e alojamentos turísticos.

“O posicionamento do Destino Açores está, indiscutivelmente, associado a um turismo de natureza, pelo potencial da biodiversidade que é característica da Região, sendo que falar de sustentabilidade neste sector é promover a sua diversidade em termos de oferta turística”, afirmou a secretária Regional.

Marta Guerreiro salientou ainda que essa oferta “passa pela fruição activa dos espaços naturais, mas não pode, nem deve esgotar-se na beleza da paisagem, nem na sua contemplação, aliás, no que toca a aspectos culturais, estes são também motivo de inspiração para a criação de novos objectos artísticos, que partem de uma escala local, mas ganham uma dimensão global”.