Medfest vai celebrar a dieta mediterrânica

O lançamento nacional deste projecto, que envolve oito países do Mediterrâneo, apresentou a primeira rota gastronómica sustentável  para fazer de Lisboa ao Algarve. 

A iniciativa que foi anunciada em Portugal insere-se num programa de três anos e envolve oito países europeus banhados pelo mar Mediterrâneo. Neste território comum, unido por uma dieta que a UNESCO classificou como Património Imaterial da Humanidade, estão a ser planeadas várias actividades em torno desta temática.

Um dos objectivos fundamentais do Medfest, que tem Vítor Sobral como embaixador nacional, “é posicionar Portugal como destino gastronómico sustentável, com produtos de qualidade como o vinho e os azeites, para complementar as conhecidas rotas de sol e mar”, explicou Artur Gregório, presidente da direcção da Associação In Loco e coordenador do projecto.

A abertura oficial do Medfest contou ainda com a apresentação da primeira rota gastronómica Lisboa-Tavira, um guia para fazer de carro, à velocidade de cada um, que propõe paragens em locais genuínos, bem representativos da dieta mediterrânica. São 547 km pelas estradas nacionais, segundo o GPS, pelo que a rota pode ser distribuída por vários dias.