Meliá reforça investimentos em unidades de Cuba

A cadeia Meliá vai continuar a apostar forte em Cuba, para onde tem previstos este ano avultados investimentos que passam por renovações, melhorias e introdução de novas facilidades nos hotéis que já detém na ilha. Reposicionar as suas unidades de Cuba junto dos operadores turísticos e agências de viagens é o objectivo dos investimentos que a cadeia espanhola tenciona levar a efeito este ano, segundo o director comercial da Divisão de Cuba da Meliá Hotels International. Em conferência de imprensa recentemente realizada, o responsável anunciou a abertura do Meliá Marina Varadero, onde se poderão combinar estadas alargadas em terra com a vida a bordo, bem como a reabertura, em Maio, do Serviço Real do Paradisus Princesa del Mar, dotado de uma nova secção de 108 suites. Anunciado foi também que o actual hotel Sol Cayo Largo, será alvo de melhorias que lhe permitirão passar a ostentar a marca Meliá, tal como deverá acontecer com o Tryp Habana Livre, na capital cubana. Também em Havana, o Meliá Cohiba e o Meliá Habana serão também alvo de reformas durante este ano, e o mesmo deverá acontecer com os hotéis Meliá Varadero, Meliá Las Americas e Sol Palmeras. Mais tarde, concretamente em 2015, prevê-se a inauguração da zona denominada “The Reserve” do Paradisus Varadero, que irá contar com cerca de 250 quartos. Está igualmente prevista a abertura de um novo hotel de cinco estrelas da Melia, em Trinidad. O Meliá Trinidad irá contar com 400 quartos, vários restaurantes e bares, fitness center e um salão de 600 m2. M.F.