Memmo Alfama inaugurado: Hospitalidade e autenticidade como marcas distintivas

Para Rodrigo Machaz, director-geral do grupo, o Memmo Alfama é a concretização de ?mais um sonho? e de uma outra forma de fazer hotelaria, tendo como máximas a hospitalidade e a autenticidade. As portas estava abertas desde Setembro, mas foi na última sexta-feira que foi inaugurado, ao som do Fado, aquele que é o primeiro hotel de Alfama: o Memmo Alfama, do Grupo Memmo Hotels, resultante da conversão de dois edifícios antigos existentes no bairro. ?Há muitos hotéis em Lisboa mas nós acreditámos na autenticidade de Alfama como acreditamos na autenticidade dos bairros e Lisboa, como produto único e diferente?, disse Rodrigo Machaz ao Turisver.com. A autenticidade de Alfama foi levada para dentro de um hotel que é, ao mesmo tempo, uma marca de contemporaneidade. ?Em vez de termos um hotel pequeno, queremos que seja uma casa grande?, sublinhou o responsável, explicando que por isso existe ?um frigorífico comum e uma mesa comum onde se torna o pequeno-almoço?, um pouco à imagem dos hostels que trouxeram à hotelaria ?um sentimento de partilha?. Sobre os dois primeiros meses de operação, Rodrigo Machaz afirma que correram bem e que ?os clientes têm ficado encantados?. Prova disso, acrescentou é que ?vamos ao Tripadviser e só temos comentários excelentes?. Algo que reputa de muito importante porque ?a melhor publicidade é a de um cliente satisfeito?. Na inauguração da unidade, João Corrêa Nunes, administrador da Memmo Hotels para a área dos novos projectos referiu-se ao esforço que foi fazer um hotel num bairro histórico com todas as cautelas a que isso obriga em termos da sua construção, agradecendo à Câmara Municipal de Lisboa a colaboração prestada ao longo do processo. Referindo-se ao Memmo Alfama, Corrêa Nunes afirmou que ?quem fez isto, acho que a partir de agora pode fazer tudo. Quando fizemos o Memmo Baleeira, achámos que dificilmente conseguíamos outro Unforgetable Hotel. Está aqui outro?. Também presente na inauguração, o vereador do pelouro do Urbanismo e Planeamento Estratégico da CML, Manuel Salgado sublinhou a importância do hotel, para Alfama e para Lisboa: ?O Turismo é importante para Lisboa e para este bairro. A reconversão de Alfama passa por unidades deste tipo?, afirmou. E referindo-se também ao projecto do Príncipe Real que o grupo irá iniciar no próximo ano, sublinhou: ?terão sempre o apoio da Câmara Municipal de Lisboa para que estes projectos andem bem e depressa?. De ambiente acolhedor e usando materiais quentes como a madeira e o linho, com uma paleta cromática assente nos tons cinza e areia, o Memmo Alfama, que é 100% não fumadores e “adults only”, só aceitando hóspedes a partir dos 16 anos, oferece 42 quartos, de várias tipologias, wine bar com vista para o Tejo, piscina exterior com solário, sala de leitura e sala de pequenos-almoços. M.F.