Mercado espanhol aposta nos Açores com reforço de ligações

O reforço da operação de ano inteiro que liga Madrid à Terceira, apresenta um potencial de cerca de 60 mil dormidas, o que representa, segundo Vítor Fraga, secretário regional do Turismo e Transportes dos Açores, “mais 8.295 dormidas estimadas do que em 2015/2016.

“Estamos perante uma operação global para toda a região que contempla cerca de 76.720 dormidas, mais 18.963 do que no ano anterior, ou seja, contempla um crescimento da própria operação, de consolidação de operação, de quase 33%”, afirmou.

No caso concreto do mercado espanhol, nos Açores, “nos primeiros sete meses deste ano, totalizou 56.509 dormidas, o que representa um crescimento de 95,4% face ao período homólogo do ano anterior”, referiu Vítor Fraga.

Espanha afirma-se, assim, como “o quarto principal mercado emissor em termos da Região, atrás de Portugal, Alemanha e EUA, mas, na ilha Terceira, esta dinâmica ainda é superior àquela que é a média regional, já que, nos primeiros sete meses de 2016, temos mais 68.583 dormidas do que tínhamos em período homólogo de 2015”, representando um crescimento de 81%.

Nesse sentido, o mercado espanhol é o segundo em termos de emissão de turistas para a ilha Terceira, com 35.357 dormidas em 2016, face a 4.441 dormidas em 2015, ou seja, um crescimento de 696% em termos do número de dormidas.

No que diz respeito a proveitos na hotelaria nacional, nos primeiros sete meses do ano, na ilha Terceira, ultrapassaram 5,5 milhões de euros, o que corresponde a uma subida de 51,4% face ao período homólogo do ano anterior.