Mercado norte-americano com “interesse crescente” no Algarve

De acordo com a Associação Turismo do Algarve (ATA), o mercado norte-americano está cada vez mais a escolher o Algarve como alternativa ao tradicional roteiro europeu composto por países como Espanha, França e Itália.

Segundo a ATA, o Algarve “começa a afirmar-se como destino de eleição” junto dos norte-americanos que escolhem a região pelas praias, paisagens e bom clima, mas também pelo património e pela gastronomia, ofertas que aliam a factores como a segurança, a autenticidade e a boa relação value for money.

A ATA pode comprovar a curiosidade que o mercado norte-americano tem por Portugal no Global Travel Marketplace West, um evento de elite que junta os agentes de viagens e travel advisors mais influentes da América do Norte com destinos e fornecedores de todo o mundo e em que a associação de promoção do Algarve esteve presente.

Durante esta iniciativa, em Las Vegas, a ATA realizou 52 reuniões individuais com alguns dos melhores agentes e operadores turísticos do mercado norte-americano. “O balanço que fazemos da nossa participação neste evento é muito positivo. Deparámo-nos com um grande interesse face ao Algarve por parte dos profissionais com quem estivemos reunidos, que revelaram vontade e disponibilidade para alargar o seu portefólio de destinos na Europa”, explica Dora Coelho, directora executiva da ATA. De referir que, em 2017, o mercado norte-americano cresceu 29,4% em número de hóspedes e 34%, em dormidas no Algarve.