Miguel Morais Leitão é o novo ministro da Economia

O ministro da Economia do XX Governo Constitucional transita do anterior governo liderado por Passos Coelho onde assumia o cargo de secretário-adjunto do vice-primeiro-ministro desde Julho de 2013.

Anteriormente a essa data Miguel Morais Leitão estava já no governo PSD+CDS, tendo sido secretário de Estado adjunto e dos Assuntos Europeus.

Vogal da comissão executiva do CDS-PP desde 2007, Morais Leitão é licenciado em Direito na Universidade Católica e fez o Programa Avançado de Gestão da Universidade de Stanford, na Califórnia.

O seu percurso profissional foi praticamente feito na área financeira provada, tendo sido vice-presidente do Conselho de Administração e presidente da Comissão Executiva da BPI-Gestão de Activos, BPI Vida e BPI Pensões e vice-presidente do Conselho de Administração da BPI Global Investment Fund Management Company, no Luxemburgo, desde 2008. Entre 2005 e 2008 foi director central do BPI.

Além de outros cargos na área financeira privada, o novo ministro da Economia movimentou-se também na área da defesa, tendo sido presidente da Empresa Portuguesa de Defesa (Empordef), das OGMA, Indústria Aeronáutica de Portugal entre 2002 e 2004, e da Edisoft em 2003-2004